Um pouco sobre a conversão de veículos elétricos

6 02 2009

Sou associado da lista de veículos elétricos do Google, e lá descobri um site que tinha muitas coisas interessantíssimas, selecionei e publico abaixo, o site original é do Alfredo da lista e vocês podem acessar o site diretemente através deste link.

O que mais gostei foi na simplicidade das informações, e acho complemente relevante colocar isto aqui.

Abaixo na figura podemos todos os itens que eu já comentei com a devida disposição no veículo elétrico.

esquemageral

Percebam que a adaptação é bem mínima, apesar de ser um pouquinho trabalhosa.

Agora abaixo tem uma fotos dos principais componentes instalados.

componentesSegundo a figura, observem:

Potbox: É o acelerador/potenciômetro.

DC/DC Converter: é o conversor DC – DC, isto é converte a tensão das baterias que o motor exige (72V ou mais) para os componentes eletrônicos do carrro que são os 12V. Deste modo não há a necessidade de deixar uma bateria exclusiva para este fim no veículo elétrico.

Contactor: é um dispostivo eletro-magnético para acionamento do motor.

Motor: na figura é o local destinado a instalação do motor.

Agora abaixo é uma figura muito interessante que é o circuito típico de instalação.

esquematipico

A maioria destas informações agradeço a pesquisa do Alfredo e para mais detalhes acessem o site dele, que é este aqui.

Abraços!


Ações

Information

31 responses

3 03 2009
Fábio Roberto Pereira

Prezado Michel,
parabéns pela iniciativa de compartilhar a experiência conosco.
Também sou engenheiro, porém da computação.
Me identifiquei primeiramente com o supermini elétrico do Luciano e agora descobri outra pessoa que está fazendo isso e pelo jeito já pesquisou bastante a respeito.
Vou acompanhar de perto tua evolução e torcer que consigas cumprir teu plano.
Eu sou de Porto Alegre e por aqui não é muito fácil achar o supermini. Eu não pretendo gastar muito $$ também, por isso vou torcer para aparecer uma barbada pois não tenho pressa. Até lá vou pesquisando o que andam fazendo por ai.
Sucesso pra ti.
Abraço!

Fábio

3 03 2009
Michel Fernandes

Obrigado pela visita… Apesar de ser engenheiro eletrônico nossa formação não nos impedirá em nada em construir algo como um carro elétrico devido a simplicidade dessa construção… Estou barrando agora no custo das peças, com o surto do aumento do dólar os custos quase que triplicaram, vou tentar comprar as peças aos poucos e até estou estudando uma mudança radical na tração de VE, ao invés de DC implantar um motor trifásico AC, onde temos componentes em abudância no Brasil.
Não desista, qualquer carro leve e barato servirá, como os Miuras, Pumas que estão por aí.
Um grande abraço!

22 06 2010
Jorge

Ola Michel,

Eu vi no seu texto acima a palavra motor trifasico. Eu vi em alguns sites brasileiros de motores eletricos e de fato somente encontrei motores trifasicos e grandes.
Qual seria a configuraçao de baterias e como seria essa conversao de energia para fazer este motor girar?
Desculpe se estou fazendo uma pergunta obvia ou boba, mas eu estou começando agora a me interessar pelo assunto.
Parabens pela iniciativa.

5 10 2010
Michel Fernandes

Infelizmente não há motores trifásicos para o uso adequado a um veículo elétrico no Brasil. No entanto a Weg está para lançar o motor e controlador (conv. de frequência) específicos para motores elétricos.

25 06 2009
Alexandre

Olá! parabéns pelo projeto! Eu sou da área da computação também, mas sou entusiasta de carros hibridos e elétricos. Achei fantástico seu site, eu tenho milhares de desenhos amadores de carros, tenho um sonho de produzir algum deles um dia (são basicamente frankstein de vários outro modelos mas ta valendo). Minha idéia mesmo era ter um carro com um painel de energia solar como aqueles que são vendidos no comércio para residências fixado no teto. Esse painel ficaria carregando as baterias o tempo todo, mesmo com o carro desligado. Por cima dele um vidro temperado para proteção do painel. Além de um possível reaproveitador de energia cinética nos freios (dá pra notar que eu quase nem sonho).

Dê uma olhada neste cara:
http://novaconsciencia.multiply.com/journal/item/67
É feio de dar dó! Mas tem uma idéia bem legal, 1 motor elétrico de 60hp em cara roda! imagina o arranque desse miserável. Minha idéia é que deveria existir um carro assim, porque torna possível tracionar todas as rodas sem perdas da transmissão.

Agora imagina tudo isso controlado num sistema centralizado, a tração nas rodas poderia ser arbitrada por um circuito visando economia, tração ou arranque. Enfim idéias é comigo mesmo..hehe.
Até mais Alexandre

26 06 2009
Michel Fernandes

O importante é ter entusiamo! Eu já parto para idéias mais pé no chão, para pelo menos ter um protótipo funcionando e factível de construir. Quanto ao painel solar, a idéia é boa, mas estudos me fizeram abandonar essa idéia pois o custo benefício é muito baixo, a energia solar não consegue carregar muito as baterias e os painéis custam muito caro, infelizmente. A tática é sempre que estacionar o carro plugar ele na rede elétrica, fora disso não vejo muita coisa diferente. A tração full é uma idéia sim, principalmente em conversões de carro a gasolina, pois pode-se fazer um híbrido inteligente, mas aí já um pano pra manga imenso, pela complexidade. Um grande abraço!

25 06 2009
Alexandre

Eu não to conseguindo achar o meu último comentário. Alguem leu? ta funcionando?

26 06 2009
Michel Fernandes

Está funcionando… É que tenho que aprovar os comentários…Abraços!

26 06 2009
Alexandre

Então, eu também tenho idéias malucas porque não tenho planos de colocar em prática, mas sem dúvida é melhor se pé no chão. Todo caso é bom não abandonar as idéias.
Você tem uma noção de qual a autonomia desse BR800 adaptado, são 16 baterias? Ideal seria utilizar baterias de ion de litio infelizmente não são produzidas de tamanho grande. O que você acha das tais baterias a gel, são quantas vezes mais caras?

Eu sou meio pessimista com estas baterias convencionais, elas tem baixa vida útil e são pesadas. Seria interessante conseguir capacitores gigantes, que aguentam carga de descarga infinitamente e de forma rápida. Parece que os KERS da F1 utilizam capacitores gigantes. Se existisse produção disso só teria o problema do risco de explosão visto que a energia tá ali de forma estática.

12 07 2009
Michel Fernandes

A automia é algo chave, pela experiência do pessoal do grupo, uma autonomia de 50 Km é conseguido com uma configuração de 13 a 16 bateriais, mas isso varia muito. No controlador é possível gerenciar perfis de uso, isto é, um que prese pela autonomia outro pelo torque aumentado e assim por diante. Depois que tiver o controlador em mãos é hora de começar a mexer nas configurações para conseguir um melhor custo/benefício. Eu ainda prefiro andar com os pés no chão, a teoria do Kers é muito interessante, mas ainda prefiro fazer um “arroz com feijão” num Supermini para depois evoluir para modelos como este.
Um grande abraço!

27 06 2009
Alexandre Felipe Muller de Souza

Opa, quanto aos modelos de veículos eu fiz um levantamento dos mais leves no mercado:
Gurgel BrMini 640 Kg (sem dúvida o melhor custo X beneficio)

Renault Twingo 820 Kg (tem a vantagem de achar um usado barato e as peças valerem bastante, além de ter airbag e alguns AC que podem ser retirados)

Fiat Mille 830 kg (também existe o modelo antigo barato no mercado)

Chevrolet Celta 845 Kg

Ford Ka (antigo) 911 kg (veja que ele é pesadinho)

Quanto aos motores eu acho interessante você procurar um pouco mais ainda antes de partir pra importação pois vai gastar muito dinheiro nessa negociação que não vai se reverter no seu projeto. Dê uma olhada, que há uns 2 anos atrás a Bosch vendia motores pra carrinhos de Golf de 10, 15 hp eu já vi pra vender aqui. E tem a weg também que pode ter alguma coisa. Ainda acho bom que você procure ainda adaptar outro motor que não seja bem aquele que procura (derrepente usado) antes de partir pra importação.

12 07 2009
Michel Fernandes

O Supermini é de longe o mais adequado pelo peso leve e pela mecânica simples original. Em relação aos motores, já pesquisei muitos por aí, agora não fiz buscas em ferro-velhos ou coisa do tipo, por que não tenho tempo, mas pelas vias oficiais não encontrei nada… Eu vou importar pelo menos o motor e o controlador, infelizmente acho que mesmo que gaste mais, essas peças são chaves para uma boa conversão… Até que consiga dinheiro para isso, vou pesquisando e se achar algo bom eu posto aqui para todos. Um grande abraço!

15 07 2009
Rodrigo da Silva Guerra

Ola Michel,

Parabens pelo projeto. Ja tens alguma informacao sobre o procedimento para emplacamento de demais procedimentos legais para rodar nas ruas sem problemas?

26 07 2009
Michel Fernandes

Creio que os procedimentos legais darão um pouco de trabalho. Eu moro em São Caetano do Sul, uma cidade pequena, minha estratégia será enviar uma carta ao prefeito para me ajudar com o tema. Mas sinceramente, vou rodar com ele como se fosse a gasolina, pois prevejo uma burocracia imensa, mas nada impossível.
Um abraço!

26 11 2009
Michel Fernandes

Ainda não, mas tem tanta coisa para fazer antes que não me preocupo com isso viu… Além do mais o Gurgel já não paga IPVA mesmo…
Abraços.

21 11 2009
Marcio Santa Rosa

Gostaria de saber onde comprar os componentes para converter meu carro para motor elétrico. Existe no Brasil alguma loja especializada?
Obrigado!

26 11 2009
Michel Fernandes

Infelizmente no Brasil não há, e isso é o que mais me atrapalha nos planos… Infelizmente as peças estão todas fora do Brasil, o que custa mais caro devido a impostos e frete. NUm futuro não muito distante acredito que teremos essas peças por aqui. Abraços.

18 12 2009
humberto neves

bon dia a todos, o meu carro é un rover 820 que transformei de gasolina para electrico, o motor é d’uma empilhadora que recuperei assim como todo o sistema electrico,as baterias sao maritimas a descarga profunda,nenhum problema para autoridaçao a marca rover nao existe mais,un abraço para todos BAYEL FRANçA

4 02 2010
Michel Fernandes

Mande-me seu e-mail, gostaria de ver fotos do seu projeto, me parece interessante!
Abraços!

22 03 2010
Leo Carrion

Pessoal, vcs já viram este sujeito que fez a conversão de um pequeno carro com peças simples e colocou no YOUTUBE??

Deem uma olhada, parece bastante simples.

Abs

http://www.instructables.com/id/Build_your_own_Electric_Car/

2 06 2010
Diego Sales

tenho um puma gte 1974, estou disposto a fazer um projeto de carro eletrico para o mesmo, pretendo trazer as pecas via navio de miami (frete mais barato)
acessei alguns sites interessantes que vendem kits de varias voltagens mas gostaria de obter mais informações de quem esta fazendo esta pesquisa a tempos… diegocsales@gmail.com

13 10 2010
Danilo T Lombardi

Cara tenho dois Br-800 e quero transformar 1 deles em eletrico. Vamos conversar por e-mail? Me escreve, sou de sao paulo, podemos nos encontrar.

Abraço
Danilo

13 01 2011
Jose Paulo Remor

Muito bom!! Bom mesmo, estarei te seguindo! Nem sabia que tinha teu blog por ai! Legal mesmo!

21 01 2011
vagner tamião

Gostaria de saber onde comprar o kit para converter meu gurgel para elétrico? Existe no Brasil alguma loja especializada?
Obrigado

20 03 2011
Michel Fernandes

Infelizmente, ainda não … Mas tem um grupo de colegas que estão trabalhando nisso, quando tiver novidades eu posto aqui. Abraço.

6 03 2011
Edsom bandeira

a proposito queria lhes dizer que faze uma carroceria de fibra nao ficaria muito cara e sim leve ok

20 03 2011
Michel Fernandes

Uma parceria seria uma melhor idéia, até por que o processo é muito artesanal, mas sem dúvida é o caminho ideal.

1 11 2011
Luciano

Boa noite Michel
Como está a conversão de seu veículos.
Estou começando um estudo para converter um veículo também.
Poderia compartilhar o material que você tem?
Obrigado
Abs
Luciano
ice_luck@hotmail.com

14 03 2012
Michel Fernandes

Meu projeto está muito incompleto. O material que tenho posto por aqui.
Procure por Luciano Gurgel Supermini, ele fez a tese de mestrado sobre a conversão do veículo que ele tem. É um dos experts na área, sem sombra de dúvidas.

Abraço.

15 02 2012
vagner

ei pessoal gostei da ideia, e tenho até algo novo pra falar,estou construindo um motor eletromagnetico pra gerar 127 wts, e queria ver como eu conecto tudo isso no meu carro , é claro com o motor eletrico junto.

15 06 2012
Matheus

Oi, gostei dessa ideia!

Eu tô pensando em converter um carro elétrico. Ouvi dizer que esses carros não poluem. Além disso, é barato carregar um VE. Enquanto um a gasolina custa R$ 100 para ser abastecido, um elétrico custa R$ 6,00 para ser carregado.

Quando eu tiver 18 anos e tirar minha carta, eu terei um carro elétrico.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: