As Baterias

23 01 2009

Um dos componentes mais caros são as baterias, e é crucial escolher uma que não seja tão cara e que oferece uma boa autonomia ao veículo.

Pesquisando um pouco, descobri que existem baterias específicas para carros elétricos, são as baterias tracionárias.

Pesquisei na Moura, e existem alguns modelos abaixo, verifiquei inclusive o preço com uma distribuidora para ter idéia de quanto irei gastar.

Baterias Moura LOG

Código Bateria Tensão Nominal V Capacidade Nominal
Ah(20h)|Ah(5h)
Reserva Capacidade (min)* Dimensões Nominais (mm)
Compr   |   Larg   |   Altura
Peso Nominal Kg Tipo Terminal
6ML225 6 225 185 115 261 178 267 29,1 UT
6ML235 6 235 195 125 261 178 267 30,0 UT
6ML245 6 245 209 145 261 178 302 33,2 UT
6ML325 6 325 280 196 311 168 362 47,7 UT
6ML350 6 350 285 210 311 178 410 52,3 UT
6ML370 6 370 320 225 311 178 410 54,5 UT
8ML165 8 165 146 85 261 181 283 29,5 UT
12ML85 12 85 70 140 283 172 248 21,8 M
12ML115 12 115 90 170 330 172 248 24,5 M
12ML140 12 140 110 200 333 178 262 30,5 M1
12ML210 12 210 175 110 391 178 359 59,1 UT

O meu foco foram as 3 últimas, pois oferecem maior AH (Ampére Hora) que seria uma medida equivalente a quantidade de carga diretamente ligada a autonomia.

Pasmem, a 12ML115 custa R$ 788,98, a 12ML140 custa R$ 1112,09 e a 12ML210 (a preferida) custa R$ 2246,00.

Vou tentar planejar com a 12ML115 mesmo, pois é mais acessível, no futuro a idéia é substituir por baterias de Lítio, já que é para gastar bastante tentarei gastar nas baterias mais modernas.

Tentarei pesquisar com outros fabricantes de menor expressão, como Tudor, Ajax e outras para saber se elas oferecem um preço mais acessível

Até a próxima!

About these ads

Ações

Information

5 responses

24 01 2009
Otávio M.

As baterias de Lítio ainda seriam bem mais caras que as tracionárias de chumbo, mas teriam realmente menor peso e densidade de energia.
Um meio termo parecem ser as YellowTop da Optima. Mais caras que as de chumbo e mais baratas que as de Íons de Lítio.

http://www.americanas.com.br/AcomProd/17278/2443907

Abraços,

24 01 2009
Michel Fernandes

Olá Otávio, eu até cheguei a ver essas baterias que andam chamando de bateria de gel. Porém é tão cara que prefiro mesmo chegar as baterias de Lítio a pagar quase 1500 reais por bateria, ainda há fornecedores mais baratos, mas mesmo assim é um pouco inviável.
Obrigado pela dica e um grande abraço!

13 05 2009
Antonio Pereira Veloso

Caro amigo Michel, nao me conformo com esta situacao, e acredito q vc com a formacao q tem, tambem fica encomodado…, poi ê, com tanta tecnolugia inpulsionado o nosso planeta, criando, inventado e produzindo os mais diversos e avancados sintemas de armas de guerra, nao se consiga criar energia autonoma e viavel para inpulsionar um veicolo….esta autonomia de 50km para mim ê uma esmola da ciencia e da tecnolugia…se eu nao conseguir com a ajuda de vc e outros mais, encontra uma formula de ultrapassar a barreira dos 50km, vou dessistir…, ou partir para o hibrido…
Sou uma pessoa comum, nao tenho qualquer especificacao em area alguma…, apenas muita imaginacao e capacidade de tira algumas conclusoes de muitas situacaos…estou aprendendo… e precisso de muito mais…,na minha cabeca, tenho duas vertentes a ser trabalhadas… uma ê os alternadores…pelos estudos que ja enpreendi, deduzir que os alternadores automotivos nao servem…por uma serie de pequenos incoisidencias, porem a mais siguinificativa, ê o fato de um alternador destes ter tensao fixa e regulada em 13.6v, enquanto uma bateria necessita de no minimo 14.4 voltes para ter uma carga de +-95%, entao pensei, vamos utilizar um alternador nautico ou de projeto eolico, os alternadores fabricados pela Enersund tem caracteristicas que se identifica muito com o que precissamos…enviei uma sondagem para esta fabrica e estou ag uma resp…
Com o alternador nao se pretende carregar as baterias, mais sim repor porte da carga consumida para aumentando a autonomia… pense em dois alternadores modificados reduzidos na sua forca de arrasto…de 48v cada, ligados em serie (96v) acoplados direto no motor e com eficiencias ao banco de baterias (seria a mesma dinamica do alternador comum funcionado no veicolo) ou seja, alimenta todo o conjunto do veicolo, e as sobras carrega a bateria…

13 05 2009
Antonio Pereira Veloso

A proposito, gostaria muito de me associar ao grupo q vc pertense, como proceder… para tal…

15 08 2012
Luiz Grego

Antônio não tenho muita experiencia, mas se alterar a tensão do rotor do alternador e regulando através de um cicuito eletrônico ajustavel para a tensão do motor vc. vai conseguir uma tensão maior e suprir parte desta perda.(dependendo da velocidade do veiculo poderá ser ajustado. Ja fiz experiencias em barco de pesca onde o motor trabalha em baixa rotação
para pesca de camarão e funcionou bem, porque em baixa rpm o alternador não funciona.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 34 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: